Hotéis de 3 e 4 estrelas são os mais buscados por brasileiros

O Hotel Travel Report 2018 do KAYAK analisa comportamento de viajantes e aponta sete tendências do setor hoteleiro no Brasil

0
409

Pela primeira vez o KAYAK, maior ferramenta de planejamento de viagens do mundo, analisou todas as buscas feitas no site e nos aplicativos da plataforma para apresentar o Hotel Travel Report 2018, um estudo com o objetivo de mapear o comportamento dos viajantes brasileiros em relação a hotéis: que destinos têm sido mais buscados para acomodação, como nos planejamos e que perfil de hospedagem estamos procurando. Confira os sete principais achados:

  1. Destinos mais populares variam de acordo com duração da viagem
Destinos mais populares
Viagens curtas (1-3 dias) Viagens médias (1-2 semanas) Viagens longas (2+ semanas)
Cidade Preço médio da diária* Cidade Preço médio da diária* Cidade Preço médio da diária*
1. São Paulo R$ 306 1. Orlando R$ 448 1. Orlando R$ 448
2. Rio de Janeiro R$ 369 2. Nova York R$ 936 2. Nova York R$ 936
3. Curitiba R$ 194 3. Fortaleza R$ 291 3. São Paulo R$ 306
4. Fortaleza R$ 291 4. Buenos Aires R$ 313 4. Lisboa R$ 440
5. Salvador R$ 231 5. Rio de Janeiro R$ 369 5. Rio de Janeiro R$ 369
6. Belo Horizonte R$ 198 6. Maceió R$ 265 6. Miami R$ 652
7. Florianópolis R$ 302 7. Natal R$ 265 7. Paris R$ 567
8. Foz do Iguaçu R$ 242 8. Porto Seguro R$ 212 8. Londres R$ 630
9. Natal R$ 265 9. Santiago R$ 429 9. Fortaleza R$ 291
10. Gramado R$ 466 10. Paris R$ 567 10. Kissimmee (Flórida) R$ 280

*preços médios de diária em hotéis de 3/4 estrelas com base no dólar a R$ 3,73

Capitais brasileiras lideram as buscas por viagens de até 3 dias, com exceção de Foz do Iguaçu e Gramado, conhecidas por seu potencial turístico. A diária média mais cara é a de Gramado, seguida por Rio de Janeiro e São Paulo.  Ao estender o período de viagem para uma duração média (de uma a duas semanas), destinos internacionais ganham destaque, com Orlando e Nova York, tradicionais preferidas dos brasileiros, no topo do ranking. Fortaleza e Rio de Janeiro se destacam como opções nacionais, enquanto São Paulo, que estava em primeiro lugar, desaparece do ranking. Para as viagens mais longas – de mais de duas semanas – o número de destinos internacionais no top 10 supera o de nacionais. São Paulo volta para o ranking – por conta, entre outros fatores, de viagens longas a trabalho. Rio de Janeiro e Fortaleza continuam destaques domésticos. “O mês mais buscado para se hospedar em viagens de todas as durações é dezembro, o que reforça a importância de datas comemorativas como Natal e Réveillon para o setor hoteleiro”, afirma Eduardo Fleury, Líder de Operações do KAYAK no Brasil.

  1. Nacionais x internacionais – 25% das buscas por hotéis foram para países estrangeiros

Ao longo de 2017, 75% das buscas por hospedagem no KAYAK foram feitas para destinos domésticos, enquanto 25% foram para destinos internacionais.

  1. Antecedência de buscas – viagens de média duração são as mais planejadas

A antecedência de buscas por hotéis varia bastante de acordo com a duração de viagem. Para viagens curtas, de até três dias, as buscas por hotéis são feitas, em média, com 14 dias de antecedência, contra 80 dias para viagens de média duração (uma a duas semanas) e 71 dias para viagens longas (mais de duas semanas).

  1. Tempo médio de busca – somos rápidos para pesquisar

Os brasileiros são bastante rápidos na pesquisa por suas ofertas de hotéis – levamos, em média, 4 minutos pesquisando por hotéis para viagens curtas, contra 4 minutos e meio para viagens de média duração e dois minutos e meio para viagens longas.

  1. Dia de busca mais popular – segunda-feira é o dia de pico

Bem como ocorre com passagens aéreas, segunda-feira é o dia em que os brasileiros mais buscam hotéis para suas viagens – o que sugere que reservamos o começo da nossa semana útil para sonhar com a próxima viagem.

  1. Categorias de hotel mais populares – três e quatro estrelas lideram
Categoria por estrelas % do total de buscas
1 estrela 2%
2 estrelas 19%
3 estrelas 47%
4 estrelas 25%
5 estrelas 7%

Hotéis de 3 e 4 estrelas lideram a preferência dos brasileiros, com 47% e 25% do volume total de buscas, respectivamente. Opções de 2 estrelas também são representativas, com 19% do total de buscas. Os mais luxuosos, de 5 estrelas, concentram 7% das buscas.

  1. Destinos em alta – Belo Horizonte e Ilhabela lideram ranking; Lake Buena Vista e Paris são destaques internacionais
Destinos que mais cresceram em buscas
Nacionais Internacionais
Cidade % de crescimento* Cidade % de crescimento*
1. Belo Horizonte 212% 1. Lake Buena Vista 65%
2. Ilhabela 196% 2. Paris 37%
3. Curitiba 165% 3. Buenos Aires 33%
4. São Paulo 153% 4. Bogotá 31%
5. Foz do Iguaçu 145% 5. Cancun 28%
6. Ribeirão Preto 128% 6. Londres 25%
7. Porto Alegre 124% 7. Amsterdã 21%
8. Búzios 122% 8. Toronto 11%
9. Rio de Janeiro 103% 9. Lisboa 10%
10. Porto Seguro 102% 10. Santiago 6%

*de 2016 para 2017

Para além dos destinos mais populares o Hotel Travel Report 2018 aponta os que mais cresceram em buscas de 2016 para 2017: Belo Horizonte e Ilhabela se destacam entre as opções domésticas, enquanto Lake Buena Vista estão em alta entre as internacionais. O levantamento ainda aponta um crescimento muito maior de buscas por hotéis em destinos domésticos. “Os dados sugerem que o uso de metabuscadores para procurar hotéis em destinos nacionais é cada vez mais comum, ao passo que, para destinos internacionais, temos muito espaço a conquistar”, completa Fleury.

Metodologia

Para o estudo foram consideradas pesquisas por hotéis em todos os destinos brasileiros feitas no KAYAK Brasil. Os dados de 2017 compreendem buscas feitas entre 01 de junho de 2016 e 31 de dezembro de 2017 para viagens entre 01 de janeiro e 31 de dezembro de 2017. Os dados de 2016 compreendem buscas feitas entre 01 de junho de 2015 e 31 de dezembro de 2016 para viagens entre 01 de janeiro e 31 de dezembro de 2016. Os preços médios de diárias foram calculados com base no dólar a R$ 3,73, cotação de 19 de junho de 2018, considerando quartos duplos em hotéis de 3 e 4 estrelas.