Tudo bem, sabemos que quando você viaja, uma das coisas mais procuradas é a bebida típica do local.

Vinhos  na Itália, Cerveja na Alemanha… e por aí vai. É possível saber os costumes de um povo pelo que ele come… e bebe.

Por isso, preparamos um artigo sobre as bebidas que você não pode deixar de provar mundo afora. Claro que no Brasil tem todas elas… mas parece que fica mais gostoso bebendo lá fora, né?

10º – Vodka

Mais de 30 milhões de pessoas costumam visitar a Rússia anualmente e estão interessadas na arquitetura clássica oriental, a efervescência cultural, sua importância política no último século e, claro, apreciar uma boa Vodka.

A bebida, destilada de grãos e legumes, possui alto teor alcoólico e se transformou em um dos principais símbolos russos no Ocidente. Na Rússia, a Vodka é consumida junto com pães e afins. Delícia, não?

9º – Tequila

Único representante latino-americano da lista, o México recebe 32 milhões de turistas, interessados especialmente na sua história indígena, na sua gastronomia peculiar e também na tequila que embala festas e celebrações.

A bebida típica mexicana é um destilado produzido a partir da planta agave-azul e batizada em homenagem a sua cidade de origem. Para proteger seu produto, o governo mexicano limitou a produção da iguaria apenas na região do estado de Jalisco, berço da receita.

8º – Whisky

O império reúne Escócia, Inglaterra, Irlanda do Norte e País de Gales e recebe uma média de 32,6 milhões de turistas todos os anos. A maior parte está interessada nas grandes cidades inglesas, como Londres, mas preferem desfrutar é o bom e velho whisky escocês.

O país, localizado ao norte da ilha de Grã-Bretanha, é o berço e principal produtor da bebida destilada de grãos e envelhecida em barris. É um dos principais itens de exportação da região, com mais de 100 destilarias espalhadas em toda a Escócia.

7º – Cerveja

Um dos países mais ricos do mundo, e palco de grandes transformações da história nos últimos séculos, a Alemanha recebe mais de 35 milhões de turistas, principalmente nas cidades de Berlim, Frankfurt e Munique.

As cervejarias alemãs são responsáveis pela fabricação de um terço das mais de 15 mil variedades de cerveja. Além disso, o país celebra há mais de 500 anos o Preceito da Pureza, receita que ajudou a moldar a qualidade da bebida fermentada no país europeu.

Além disso, há escolas de cerveja espalhadas pelo país. Beber cerveja é tradição, é sabor e é um momento que os alemães adoram.

6º – Raki

Tradicional passagem entre a Europa e a Ásia, a Turquia incorporou duas culturas tão diferentes em seu dia a dia. Ocidente e Oriente mistura-se no dia a dia das cidades turcas, que recebem quase 40 milhões de visitantes anualmente.

Quem passa pelo país quer conhecer um pouco do Raki, licor de uva e figos com aroma de anis, cujo teor alcoólico chega próximo dos 45%. É uma bebida muito popular no mundo árabe, consumida por mais de 60 milhões de pessoas na região.

5º – Vinho

Berço de um dos maiores impérios da antiguidade, a Itália preservou grandes patrimônios arqueológicos do período, um dos motivos para os mais de 50 milhões de turistas que visitam o país – além, é claro, da riquíssima gastronomia e da ampla oferta de vinhos.

É impossível separar a bebida da formação histórica do país. A bebida fermentada da uva acompanha a sociedade italiana antes mesmo do início do Império Romano e faz dela um dos maiores, e melhores, produtos internacionais da iguaria.

4º – Huang Jiu

Único país asiático entre os mais visitados, a China é o país mais populoso do planeta, centro de grande desenvolvimento tecnológico e um dos berços da humanidade, atraindo mais de 57 milhões de turistas em suas cidades.

A bebida típica por lá é o Huang Jiu, fermentado a partir de cereais, principalmente arroz, e que é conhecido como “vinho amarelo”. Mesmo assim, o teor alcoólico chega a 20% e o frasco costuma ser um show à parte, feito de argila terracota.

3º – Brandy de Jerez

Um dos principais países a explorar as grandes navegações na Idade Média, a Espanha viu a rota se inverter, sendo ponto de chegada de mais de 68 milhões de turistas de todos os cantos do mundo dispostos a conhecer um pouco mais sobre o país europeu.

Lá, é possível apreciar um bom conhaque, mas não qualquer um. A bebida típica é o Brandy de Jerez, destilado de uva feito na região de Jerez e protegido por leis federais que garantem a qualidade de fabricação e armazenamento da bebida.

2º – Bourbon

Principal economia do mundo e lugar de cidades que fantasiam a imaginação dos turistas, como Nova York, Miami e Los Angeles, os Estados Unidos recebem anualmente mais de 77 milhões de viajantes de todos os lugares do mundo.

Apesar da sua identidade cosmopolita, os norte-americanos também têm uma bebida nacional: o Bourbon. Uma variação do whisky, ele nasceu no estado de Kentucky, é produzido com 51% de milho e envelhecido por dois anos, no mínimo, em tonéis de carvalho.

1º – Espumante

Mais de 85 milhões de pessoas escolhem a França como principal destino turístico e isso tem explicação lógica: o país abriga cidades belíssimas, paisagens naturais indescritíveis e é lar de grandes obras culturais da humanidade.

Os franceses também têm outra coisa do que se orgulhar: os espumantes. Ou melhor, “o espumante original”, conhecido como Champagne e originário da região de mesmo nome. É um vinho com maior teor de gás carbônico, resultando nas borbulhas características da bebida.

DEIXE SEU COMENTÁRIO