A Amadeus e o Flight Centre Travel Group anunciaram hoje que a Amadeus fornecerá tecnologia de distribuição para os negócios do Flight Centre em toda a Europa, Oriente Médio, África e Ásia. Como uma das parcerias recomendadas pelo Flight Centre, a Amadeus trabalhará em conjunto com o Grupo para transformar a TI e as operações por meio de soluções inovadoras, além de apoiar a expansão nessas regiões.

Com a adoção do Amadeus Selling Platform Connect e de várias funcionalidades integradas de mobile e de business intelligence, os agentes de viagens do grupo em 17 países poderão oferecer aos viajantes alta qualidade e serviços personalizados nesses mercados. O Flight Centre será também um cliente incentivador na criação da nova solução Amadeus habilitada para NDC para negócios e agências de viagens de varejo.

As duas empresas trabalharão em conjunto e o Flight Centre fornecerá informações para o projeto e construção da solução habilitada para NDC. Isso permitirá que vendedores de viagens comprem, solicitem e paguem por voos e serviços relacionados em todo o mundo, além de alterar e cancelar reservas por meio do uso do padrão NDC no Amadeus Selling Platform Connect. Isso significa que vendedores de viagens, como o Flight Centre, poderão proporcionar aos seus clientes uma escolha ainda mais abrangente de tarifas, além da opção de reservar serviços complementares via NDC, dentro de um ambiente de trabalho já familiar.

A Amadeus já colabora com várias companhias aéreas para definir uma solução que ofereça aos agentes de viagens acesso ao conteúdo de viagens via padrão NDC. O objetivo é tornar o conteúdo NDC fácil de ser acessado e comparado, para que vendedores e provedores de viagens possam atender os viajantes de forma simples, rápida e precisa.

Graham Turner, Managing Director, Flight Centre Travel Group, disse: “Nosso método sempre foi evoluir com o desenvolvimento da indústria e com as necessidades de nossos clientes, para agregar e oferecer o conteúdo mais amplo e relevante possível. Estamos empenhados em garantir que o Flight Centre se mantenha sempre à frente em termos de tecnologia e sistemas GDS, principalmente à medida que surgem novas iniciativas, como o NDC. É por isso que estamos animados com a parceria com a Amadeus em nossos negócios da Ásia e EMEA. Queríamos um parceiro líder em tecnologia, não apenas um fornecedor de GDS, que pudesse trabalhar conosco para impulsionar nossos negócios utilizando inovação tecnológica em benefício de nossos clientes.”

Rajiv Rajian, EVP of Business Travel, Amadeus, afirmou: “É com orgulho que atendemos às necessidades de distribuição e de TI do Flight Centre, e recebemos o Flight Centre com entusiasmo como cliente incentivador na nossa jornada com o NDC. À medida que progredimos em nosso programa NDC-X, desenvolvemos também nossa plataforma de viagens para reunir todo o conteúdo relevante de qualquer fonte (GDS, NDC, APIs proprietários, e agregadores), para ser distribuído via qualquer canal ou dispositivo. A primeira evolução da nossa plataforma está em andamento e vamos proporcionar acesso a mais conteúdo aos vendedores de viagens como o Flight Centre, além de oferecer às companhias aéreas a flexibilidade para distribuir os produtos e ofertas que elas escolherem.”

A Amadeus deseja alcançar a certificação NDC Nível 3 como agregadora este ano, seguida pelo fornecimento da primeira solução totalmente escalável para vendedores de viagens em todo o mundo em 2019. Continuaremos a crescer e a evoluir, somando casos de uso mais sofisticados ao longo do caminho.Os agentes de viagens do Flight Centre irão adotar várias soluções Amadeus nos seguintes mercados: EMEA (Reino Unido, Irlanda, Holanda, Alemanha, Finlândia, Suécia, Dinamarca, Noruega, África do Sul, Namíbia e Emirados Árabes Unidos) e Ásia (Cingapura, Hong Kong, Malásia e Índia). Na Austrália e Nova Zelândia, a Amadeus também irá fornecer soluções de tecnologia a alguns dos negócios de agências de viagens online do Flight Centre. A Amadeus é também uma parceira de TI essencial para ajudar o Flight Centre na expansão de seus negócios em novos mercados e segmentos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO